Voltar ao início

Investimento institucional em criptomoedas

Nos últimos anos, grandes instituições financeiras como JP Morgan, BlackRock, Goldman & Sachs e Grayscale deixaram de ver o Bitcoin como um inimigo do sistema financeiro e perceberam as vantagens que essa tecnologia oferece ao se investir. Sendo assim, empresas em todo o mundo começaram a incorporar criptomoedas em seus portfólios.

Dessa forma, as empresas protegem seu capital com criptomoedas, concretizam novas formas de investimento e até se arriscam fortemente no mundo da tecnologia, sendo investidores em novos projetos de criptomoedas.

Essa virada institucional foi traduzida em um enorme estímulo de capital para todo o ecossistema, um resultado da padronização e confiabilidade de grandes empresas tradicionais de criptomoeda.

Exchanges de criptomoedas: investimento institucional
O desembarque das instituições financeiras no mundo cripto levou à "profissionalização" do setor.

As exchanges e corretoras se profissionalizaram, incorporando os processos KYC (conheça seu cliente) e AML (anti money laundering), além de conquistarem melhor infraestrutura e suportarem maior fluxo de transações e usuários.

No entanto, essas empresas e investidores institucionais precisam de um serviço mais personalizado ou "sob medida". E é aí que entram os serviços OTC (over the counter).