Voltar ao início

O que são criptomoedas físicas?

19/1/21

Uma importante característica das criptomoedas é que elas são virtuais. Isso quer dizer que elas dependem apenas de meios como a internet e tecnologia computacional para existir.

Mas, como colecionar moedas é um hábito comum entre muitas pessoas, não demorou para que versões físicas das moedas virtuais aparecessem.

Uma parte dessas moedas físicas criadas não tinha nenhum valor, além do decorativo. Era apenas algo usado como um souvenir. Já outras, funcionavam como uma carteira física de bitcoin, possuindo um saldo real do criptoativo. Sendo assim, apareceram moedas físicas que tinham seu preço lastreado a ativos digitais.

Como funciona uma criptomoeda física?

Uma wallet pode ser acessada através de uma sequência alfanumérica que funciona como se fosse uma longa senha. Quem tem a posse dessa combinação de caracteres, conhecida como chave privada, ganha o direito de transacionar o saldo dela.

Uma moeda física de criptomoedas possui uma chave encoberta. Por exemplo, pode se usar algum lacre ou adesivo para ocultar a chave que ela possui. Essa chave dará acesso a uma carteira com o saldo em ativos digitais.

Como é fácil deduzir, após o lacre ser removido e a chave privada ser importada em uma wallet, é possível enviar o saldo da moeda para outro endereço. Então, após a violação e transferência dos fundos relacionados, ela passa a não possuir valor. Novamente a moeda passa a ser somente um objeto de enfeite.

Este formato físico de moeda pode ser usado com praticamente todas as criptomoedas, mas vamos dar alguns exemplos de versões populares de bitcoin.

Exemplos de moedas físicas de ativos digitais

As casascius coins eram moedas de 1 bitcoin que começaram a ser produzidas em 2011.

Sua chave privada ficava embaixo de um adesivo holográfico.

As casascius ficaram famosas pela sua beleza e com o passar do tempo novos formatos foram surgindo: uma moeda de prata com 10 BTC, outra em liga banhada a ouro contendo 25 BTC. Além disso, ainda havia uma barra banhada a ouro com 100 BTC e uma moeda de ouro com 1000 BTC!

A emissão das casascius com saldo em BTC foi interrompida em 2013, quando o Departamento do Tesouro dos EUA informou que a cunhagem de moedas só poderia acontecer com uma licença para tal.

Outro exemplo de moeda física mais recente é uma ação da empresa Ripio. A Argentina retirou de circulação as notas de 5 pesos em fevereiro de 2020. A Ripio decidiu então emitir moedas comemorativas com um retrato de Saint Martin impresso na frente e um código QR na parte de trás. O QR code dá acesso a uma chave privada com saldo em bitcoin.

O CEO da Ripio, Sebastián Serrano, equiparou as visões liberais de San Martin à independência financeira que o bitcoin pode proporcionar. Ele disse:

O bitcoin é o primeiro passo para uma nova economia, um futuro mais transparente, democrático e acessível do que o futuro fornecido pelos serviços financeiros tradicionais. Ele traz o legado de San Martin para a economia futura

Porque as moedas físicas de criptoativos não são tão populares?

Atualmente, não existem muitas empresa deste tipo de produto. Um dos motivos é que é relativamente fácil fraudar uma moeda física.

Um segundo motivo é que, como vimos, as autoridades governamentais costumam coibir muitas dessas empresas de funcionar, já que a emissão de dinheiro requer uma licença específica.

Por fim, o uso de dinheiro físico, para muitos, vai em direção contrária ao que prega a ideologia blockchain. Assim, parte da comunidade não se interessa por um produto deste tipo.

Se você deseja comprar bitcoin, você pode usar a Ripio, que quer dar a você a sua liberdade financeira através de uma plataforma de negociação segura e eficaz!