Voltar ao início

O que é Halving do Bitcoin?

26/10/20

Você já deve saber que não existe um regulador do protocolo Bitcoin. Não existe um banco que o controla, nem órgão central para emitir moedas. Muito menos existe poder de algum governo sobre toda a rede.

Sem um banco central para cuidar da criação e controle de novas moedas, como é que se emite novos bitcoins? Ao respondermos mais esta pergunta, você vai aprender como o BTC funciona e, consequentemente, saberá o que é o halving do Bitcoin.

Como o Bitcoin funciona?

Antes de mais nada, é fundamental entender que Bitcoin é baseado em matemática e algoritmos de programação. Dessa forma, o número máximo total de moedas e a forma de emissão delas já foi planejado e será executado sem interferência humana. 

A garantia que um número máximo de moedas será respeitado vem pelo caráter do protocolo da moeda de ser à prova de fraudes.

Diferentemente das moedas estatais, nenhuma pessoa ou órgão pode criar ou eliminar novas moedas sem o consenso da maior parte de todos os usuários da rede. Sendo assim, e com o apoio da comunidade, é estabelecido pelo seu próprio código que o número máximo de bitcoins emitidos serão de 21 milhões de unidades.

Blocos e mineradores

No BTC, a aproximadamente 10 minutos um arquivo é gerado e dentro dele vai as informações das transações da rede mais recentes. O nome técnico deste arquivo é bloco. A cada bloco criado, novas moedas são emitidas.

As novas criptomoedas geradas na rede são usadas para pagar recompensas para os mineradores, que são pessoas e empresas que utilizam máquinas de grande processamento computacional para ajudar a validar as transações do sistema.

A ideia do criador do bitcoin, Satoshi Nakamoto, era criar um modelo que permitisse que a oferta de novos bitcoins reduzisse com o tempo. E o “halving” foi a solução encontrada.

Como funciona blockchain

O halving

A tradução de halving é “reduzir pela metade”. No nosso contexto, significa que a cada quatro anos os pagamentos dos mineradores é dividido por dois. Isso acontece para que o bitcoin se torne cada vez mais escasso e seu preço de mercado tenha maior probabilidade de valorizar com o tempo.

Nos anos iniciais da moeda, a cada bloco, 50 novos bitcoins eram emitidos.

Em 2012, a quantidade de novos bitcoins emitidos a cada 10 minutos caiu de 50 bitcoins para 25. Em 2016, caiu de 25 para 12,5. No último halving, acontecido em de maio de 2020, a recompensa caiu de 12,5 para 6,25 BTC por bloco. Em meados de 2024, a recompensa cairá de 6,25 BTC por bloco para 3,125 BTC.

Estima-se que o último bitcoin será minerado no ano de 2140.

A importância do halving para o futuro do bitcoin

Ao compararmos o caminho das moedas estatais e o bitcoin, claramente os rumos de cada modelo monetário vai distanciando mais e mais.

Os governos de praticamente todo o mundo vêm imprimindo uma quantia cada vez maior de dinheiro. Isso gera a inflação e desvalorização das moedas.

Já no BTC, a emissão controlada e decrescente é uma das principais chaves para explicar o aumento de seu preço em relação ao dinheiro convencional.

Como a tendência é que a procura por bitcoins aumente e a oferta continue a cair com os novos halvings, agora é o melhor momento para se comprar bitcoin e a Ripio está aqui para te ajudar. Contamos com alta tecnologia para proteger seus fundos e assegurar cada uma de suas operações.