Voltar ao início

Quais grandes empresas já investiram na tecnologia blockchain?

18/1/21

No mundo dos negócios o termo blockchain já chama bastante atenção. Mas como muitos ainda não sabem do que se trata, neste artigo vamos explorar o tema.

Está preparado para conhecer a blockchain e quais as empresas que estão investindo nela?

O que é blockchain?

A tecnologia blockchain é um livro razão público que registra transações, documentos e variados itens. De forma bastante básica, ela torna o registro da informação imutável, garantindo a segurança dos dados.

Em um exemplo bem comum, como no caso da transferência de valores através de criptoativos, a blockchain de cada moeda armazena em cada bloco da cadeia a quantia exata de moedas transacionadas, quem enviou, quem recebeu, quanto pagou de taxa, a data da transação e muito mais, garantindo então a transparência para todos os envolvidos nas transações.

Para se aprofundar e entender com mais detalhes esta tecnologia, leia outros artigos sobre blockchain em nosso guia.

As empresas estão investindo cada vez mais na tecnologia

Uma pesquisa feita pela Okta, empresa de gestão de identidade, aponta que 61% de empresas digitais mundiais estão investindo em blockchain e são negócios digitais de alto nível em todo mundo que acreditam nos benefícios da tecnologia blockchain.

Além disso, o Data Corporation (IDC), aponta que os gastos globais com blockchain em 2019 foram de 2,9 bilhões, ou seja, um aumento de 88,7% em relação ao ano anterior, comprovando o movimento ascendente.

Quais grandes empresas já investiram na tecnologia blockchain?

Top 6 grandes empresas que investem em blockchain

Siemens

Siemens logo

A empresa atuante em diversos setores da economia já está investindo na tecnologia. Porém, com o objetivo de tornar o sistema de distribuição de energia mais seguro e resistente.

A empresa alemã comprou a startup LO3, que desenvolve sistemas P2P para distribuição, coleta e venda de energia, de forma que seja possível criar micro redes por todo o território europeu.

HSBC

Archivo:HSBC logo (2018).svg - Wikipedia, la enciclopedia libre

O 7º maior banco do mundo também planeja usar o blockchain através do registro distribuído para transferir US $20 milhões para digitalizar registros de transações privadas, dívidas e imóveis, fazendo com que clientes acessem mais detalhes sobre seus ativos em tempo real e com maior segurança.

Singapore Airlines

File:Singapore Airlines Logo.svg - Wikipedia

A companhia aérea foi pioneira no uso de blockchain em grande escala para programas de fidelidade. Foi uma forma segura e disruptiva que encontraram para oferecer vantagens e descontos exclusivos.

Microsoft

Microsoft logo PNG

Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo já conta com a tecnologia blockchain, aplicada em sua plataforma de armazenamento de dados na nuvem, Azure, especialmente voltada para desenvolvedores ou gerentes de TI.

Nesta rede, é possível construir algoritmos, que são baseados na tecnologia blockchain. Para que a aplicação ocorra, o usuário cria uma base do aplicativo de blockchain e implementa uma rede de consórcios e uma razão para a aplicação.

Com esta criação de rede, o usuário terá fornecedores inteligentes, reduzindo fraudes, verificando transações com rapidez e podendo criar novos modelos de negócio disruptivos com blockchain.

Santander

Santander Logo - PNG y Vector

Em abril de 2018, o Santander lançou um sistema de pagamento baseado em blockchain. O serviço foi nomeado de "One Pay X"que permite enviar libras do Brasil para o Reino Unido. Sendo assim, qualquer cliente Santander pode ver a quantia exata do dinheiro que será transferido ao destino, com mais segurança.

É possível transferir até £10.000 por dia, sem taxas de transação. Assim, clientes do Reino Unido podem transferir euros para mais de 20 países da Europa e dólares para os Estados Unidos.

Harvard

File:Harvard University logo.svg - Wikimedia Commons

Há dois anos, cinco universidades investiram em criptomoedas, criando um rebanho de investidores para apostar na moeda digital. Relatado pela The Information, universidades como Harvard, Stanford, ITM e a Universidade da Carolina do Norte, investiram pelo menos em um fundo de criptomoedas.

Isso dá uma maior legitimidade ao mercado cripto. Segundo informações divulgadas ao mercado, a Yale alocou parte dos seus ativos de 29,4 bilhões em dois fundos de criptomoedas, controlados pela Andreessen Horowitz e pela Paradigm.

A tecnologia blockchain é segura?

Percebemos que empresas de grande valor comercial estão apostando na blockchain. Aliás, há muitas outras não citadas mas que também possuem projetos bastante inovadores sendo produzidos e que fazem uso da tecnologia para otimizar processos.

Explore o universo das criptomoedas e do blockchain, continue navegando em nosso blog para aprender sobre tudo com uma linguagem descomplicada e de forma gratuita!