Voltar ao início

Criptomoedas versus Token

26/10/20

Mesmo que muitas vezes não se dê atenção à este detalhe, existe uma importante diferença entre os termos criptomoedas e tokens, você sabia?

Neste artigo você vai aprender quando usar cada uma destas palavras.

Por que os termos causam confusão?

O mercado de criptomoedas ainda é relativamente novo. É por isso que algumas palavras ainda causam confusão, são mal compreendidas ou usadas em situações inapropriadas. Com o amadurecimento do setor, a tendência é que as pessoas busquem mais informações e passem a usar cada termo corretamente.

Apesar de tudo, a explicação para criptomoedas e tokens é simples e, rapidamente, você vai entender de uma vez por todas as diferenças entre elas.

O que é uma criptomoeda?

Vamos direto ao ponto: damos o nome de criptomoedas para as moedas digitais que possuem sua própria rede, conhecida também como Blockchain. 

Vamos a alguns exemplos de criptomoedas:

  • O bitcoin possui sua própria blockchain e, por isso, é uma criptomoeda;
  • Ethereum é o nome de um outro ativo que possui sua própria rede, sendo uma moeda digital;
  • A Litecoin também tem sua blockchain, sendo também uma moeda.

O que é um token

Podemos considerar um token como um subconjunto no universo das criptomoedas. Isso se deve ao fato de que um token não possui uma rede própria, sendo criado em uma blockchain já existente.

Um tipo de token muito famoso é chamado de ERC-20, que é criado dentro da rede da moeda Ethereum. Portanto, um token ERC-20 não possui sua própria blockchain, sendo dependente da criptomoeda Ethereum para existir.

Os tokens ERC-20 são compatíveis com qualquer projeto que utilize a rede Ethereum

Por que alguns projetos escolhem criar tokens, e não moedas com blockchains?

Algumas pessoas e empresas precisam de um ativo digital para funções bem simples. Por exemplo, um cantor pode vender tokens que podem ser trocados pelo download de seu novo álbum, logo que ele for lançado. 

Para usos em que uma rede própria é dispensável, é mais fácil utilizar o rede de uma moeda que oferece a uma plataforma de criação de tokens do que codificar uma blockchain do zero. Isso economiza recursos, tempo, gasto com desenvolvimento e problemas de segurança que poderiam ser encontrados.

Um token pode representar porcentagens de uma empresa, ou até mesmo um valor em metais como ouro ou em moedas fiduciárias.

Indo além da Ethereum

O mercado de criptomoedas possui muitas opções de moedas que permitem que usuários criem seus tokens em sua rede. Mas é importante lembrar que não é toda moeda que possui a funcionalidade de criação de tokens. Por exemplo, você não consegue criar um token diretamente na rede Bitcoin. Para esse propósito, vale a pena dar uma olhada na Nuls, Waves e NEO

Tokens que se tornaram moedas

Algumas empresas e projetos preferem iniciar suas atividades utilizando um token. Assim, é possível dar ênfase na criação de um produto e serviço específico, ou mesmo usar o token criado para um financiamento de suas atividades.

Com o tempo, por questões de planejamento, desejo de independência ou mesmo surgimento de novos casos de uso, alguns tokens preferem criar uma rede própria e migrar o projeto para uma nova criptomoeda.

A TRON, que visa ser um sistema de entretenimento de conteúdo digital global e gratuito, nasceu como um token ERC-20. Em 2018 foi lançada a blockchain da TRON, deixando de ser apenas um token e se tornando uma criptomoeda.

Como saber quais ativos são criptomoedas ou tokens?

Uma forma simples de pesquisa para descobrir se um ativo é apenas um token ou uma criptomoeda é indo até o site Coinmarketcap. Nele, é possível visualizar todos os projetos listados ou filtrar por categoria, como token ou moeda. Ao filtrar apenas os tokens, será possível ainda ver qual a blockchain usada para a sua criação.

Por fim, você verá que no dia a dia estes termos são usados quase que de forma intercambiável e muito confusa; mas saber os conceitos corretos te ajudará na sua viagem pelo fantástico mundo das criptomoedas! Afinal, todo o conhecimento que você adquire te torna mais maduro no mercado e, consequentemente, mais sábio em suas decisões.