Voltar ao início

Quais são as vantagens e desvantagens da Ethereum?

19/1/21

A plataforma Ethereum e a sua moeda ETH é o segundo maior projeto em capitalização de mercado no ambiente de criptomoedas. Muito popular e sempre presente entre as mais promissoras moedas, é um projeto que deve ser estudado por todos.

A fama e debates em torno de seu ecossistema não vem por acaso: uma grande parte da comunidade de criptografia ama as funcionalidades apresentadas. De outro lado, alguns desenvolvedores são céticos quanto alguns pontos do protocolo Ethereum.

Pensando em tudo isso, quais seriam algumas das vantagens e desvantagens desse ativo digital?

Dentre muitas das qualidades do projeto, os seguintes aspectos chamam atenção.

Vantagens da Ethereum

Utilização de “smart contracts”

Smart Contracts é o nome em inglês para contratos inteligentes, que nada mais são que códigos de programação que correm dentro de uma blockchain. Eles são acionados de forma automática, assim que as condições escritas em seu algoritmo são preenchidas.

Contratos inteligentes são usados para a criação de aplicações descentralizadas, sendo uma tendência em alta.

Utilização de “smart contracts” na Ethereum

Criação de tokens

A plataforma Ethereum permite a criação de tokens por parte de qualquer participante da rede, de forma simples e rápida. Apenas é requerido um nível básico de conhecimento em programação.

Em outubro de 2020, mais de 320 mil tokens já haviam sido criados na plataforma.

Criação de tokens na Ethereum

Uso em DeFi

DeFi vem de “Decentralized Finance”, ou traduzido, “Finanças Descentralizadas” e este é o nome dado para um novo modelo de serviços monetários que é construído em blockchains públicas.

Pela facilidade de criação de tokens, a Ethereum vem trazendo para sua rede a maior parte dos projetos do setor, levantando um alto número de transações e valor negociado em sua blockchain.

‍DeFi vem de “Decentralized Finance”, ou traduzido, “Finanças Descentralizadas”

DeFi vem de “Decentralized Finance”, ou traduzido, “Finanças Descentralizadas”

Desvantagens da Ethereum

Como todo grande projeto, existem alguns pontos de preocupação com a ETH, sendo alguns deles

Alta taxa de transação

O aumento do uso, com criação dos tokens e com a movimentação da própria moeda, fez com que o valor da transação subisse a patamares inviáveis para muitas operações. Em setembro de 2020, as taxas chegavam a superar a marca dos 10 dólares.

Dúvida quanto ao número de emissão da moeda

Quando o projeto foi lançado, uma emissão limite de até 18 milhões de unidades por ano foi pensada. Desta forma, não haveria um número máximo de emissão e este cálculo era bem simples.

Após uma atualização, essa emissão foi reduzida. Mas ainda existem muitas discussões sobre a forma de calcular o máximo total de unidades da moeda, ou se realmente existe um máximo. Em agosto de 2020, o assunto rendeu acalorados debates entre desenvolvedores da ETH com outros mais conservadores, entusiastas do BTC.

E não há um consenso sobre o assunto para apaziguar as diferentes visões sobre o assunto.

Bitcoin vs Ethereum

Atrasos na entrega da ETH 2.0

A equipe de desenvolvimento do projeto tem prometido por muito tempo uma grande atualização, que resolveria o problema de escalabilidade do projeto e, consequentemente, a das altas taxas de transação.

Além disso, a rede passará por um processo de mudança na forma de validação da rede.

O problema aqui é que a entrega tem sido reagendada por meses e meses. E tantas entregas e prazos descumpridos afetam a credibilidade do projeto. E, na verdade, a rede precisa urgentemente de um upgrade para que a plataforma possa continuar a se expandir, já que está sendo usada quase que em sua capacidade máxima.

Para aprender mais sobre a Ethereum e outras criptomoedas, continue acompanhando nossos artigos. E, para comprar Ethereum, você pode usar a plataforma da Ripio. Nela, você negocia criptomoedas de forma segura e rápida, com taxas justas e facilidade.