Voltar ao início

Entenda o que são as Altcoins e qual é a diferença para o Bitcoin!

Entenda o que são as Altcoins e qual é a diferença para o Bitcoin!

Entenda a diferença do Bitcoin para as Altcoins.

Mitie Okabayashi
Global Content Strategist
30/9/22

As criptomoedas oferecem diversas possibilidades além do Bitcoin (BTC). Atualmente, um investidor pode trabalhar com variados criptoativos que atendam às suas expectativas e tragam um bom custo-benefício em operações financeiras. 

Além disso, as moedas proporcionam um valor maior para a economia cripto e impulsionam melhores possibilidades às carteiras digitais. A Altcoin é uma dessas alternativas. Mesmo com o nome similar ao Bitcoin, o ativo é mais uma opção para um investidor explorar no mercado cripto.

Algumas das Altcoins, inclusive, surgiram de bifurcações do próprio BTC. Tentativas de melhora e modificações no projeto da tradicional cripto geraram a competitiva Altcoin.

Se você ficou interessado neste tema, nós preparamos este conteúdo para te explicar sobre as Altcoins e como a moeda digital pode gerar um capital maior para a sua carteira de ativos. 

O que são Altcoins?

As Altcoins são moedas alternativas e surgiram a partir do código-fonte do Bitcoin. O termo serve para identificar as outras moedas que surgiram deste código, ou seja, os demais criptoativos que não são o BTC. 

Esses ativos têm o objetivo de reunir todas as criptomoedas, à exceção do Bitcoin, e podem promover uma melhoria na qualidade operacional dos ativos digitais nessa diferenciação, pois são exclusivamente desenvolvidos para solucionar os problemas de outras redes.

Entretanto, as moedas digitais têm propósitos alternados nas transações financeiras. O foco pode ser solucionar a velocidade das transações, por exemplo, mas também ter como propósito reduzir taxas que estejam muito altas, e por aí vai. Por isso, as Altcoins abrem uma concorrência maior no mercado de criptomoedas.

Temos como exemplo de Altcoins a famosa meme coin Dogecoin (DOGE), que nasceu como uma brincadeira, e também as forks, que são as bifurcações ou atualizações de uma blockchain.

Quais são as características das  Altcoins?

Logo após a criação dos Bitcoins, outras moedas surgiram no mercado para otimizar as operações com o primeiro ativo lançado em 2008. Além disso, as Altcoins vão além de serem apenas uma moeda de troca e trazem funcionalidades para as transações. 

Uma das vantagens das Altcoins é a segurança, visto que, ao longo do tempo, foram criadas as redes de desenvolvimento para gerar recursos aos desafios no mercado das criptomoedas. 

A Ethereum (ETH), por exemplo, é uma atualização do Ether e hoje é a maior Altcoin do mercado. Além de revolucionar o mercado cripto com uma plataforma para os desenvolvedores criarem smart contracts (contratos inteligentes) e aplicativos descentralizados (DApps), o ETH foi pioneiro para o surgimento das finanças descentralizadas (DeFi), dos tokens não fungíveis (NFTs), do metaverso e de outras tecnologias.

Tipos de Altcoins

Atualmente, existem mais de 7 mil Altcoins em circulação. Entretanto, não é possível saber quais são as principais. Logo, selecionamos algumas que são utilizadas com frequência, como:

  • Ethereum (ETH);
  • Litecoin (LTC);
  • Ripple ou XRP;
  • Bitcoin Cash (BCH);
  • Tether (USDT);
  • Cardano (ADA);
  • Chainlink (LINK).

Dessa forma, não existe uma criptomoeda que seja superior a outras, mas cada produto vem ganhando uma fatia maior para o day trade. 

As Altcoins possuem categorias divididas em etapas que podem proporcionar melhores funcionalidades nas operações financeiras. Dessa forma, a comercialização se torna rápida, eficaz e com maiores chances  de um retorno lucrativo. Continue a leitura. 

Mineração

A mineração é importante para garantir a validade de uma criptomoeda e, com isso, o usuário poderá estabelecer um vínculo no mercado e gerar novos ativos para a sua carteira digital. Ela  não é obrigatória, mas garante a segurança de uma transação financeira. 

Stablecoins

Essas criptomoedas são indexadas a ativos como o dólar ou euro, e podem reduzir a variação de preços do mercado. Esse sistema pode reduzir o risco de perdas e prejuízos financeiros com as moedas digitais. 

Tokens de utilidade

A categoria permite ao usuário acessar  serviços e produtos com criptomoedas. Os clientes podem obter benefícios, como descontos em aquisições ou venda de moedas digitais. 

Tokens de segurança

Os tokens funcionam como um contrato de investimento, que é regido por leis de seguranças rígidas nos processos de compra e venda dos ativos digitais. São vinculados a empresas e oferecem  participação nos lucros,  direito de voto e outros serviços empresariais. 

Quais são as semelhanças e diferenças entre Altcoins e Bitcoin?

Essas moedas podem apresentar semelhanças, porém, com particularidades. As Altcoins proporcionam a criação de novas criptomoedas com base no Bitcoin. Dessa forma, esses dois ativos podem trazer funcionalidades, segurança e rapidez em transações. 

Algumas Altcoins nasceram a partir do fork (bifurcação) do Bitcoin, ou seja, através do código de funcionamento do primeiro ativo lançado no mundo. Com isso, essas criptomoedas ajudam a promover a descentralização e a segurança na criptoeconomia. 

Esses ativos se destacam, também, por diferenças em suas funcionalidades, como:

  • As Altcoins trabalham com um algoritmo;
  • Algumas dispensam o uso da tecnologia Blockchain;
  • Possuem funcionalidades diferentes;
  • Promovem agilidade em processamentos de dados;
  • Trabalham com cotações diferentes.

Por isso, as Altcoins e os Bitcoins podem oferecer vantagens e proporcionarem um bom custo-benefício ao investidor. Contudo, convém o operador escolher o produto que seja ideal e atenda às suas expectativas comerciais. 

Como comprar Altcoins?

As Altcoins podem ser compradas de diferentes formas. Uma delas consiste em utilizar exchanges de criptomoedas, como a Ripio, para realizar essas transações. As exchanges são plataformas virtuais de compra e venda de ativos, e em nossa empresa, você conta com uma vasta experiência na intermediação dos ativos digitais. 

Você também pode optar pelo Peer to Peer (P2P), que consiste na negociação direta entre o vendedor e o comprador da moeda, sem a intermediação de exchanges e corretores. 

Além disso, ainda existe a possibilidade de adquirir Altcoins diretamente de fundos de investimento. O Brasil possui inúmeras opções de exposição desse ativo, em especial o Ethereum, com opções para quase todos os tipos de investidores.

Conclusão

Nesse artigo, você conheceu as Altcoins e entendeu que essa criptomoeda é uma reunião de todas as criptomoedas existentes, com exceção do Bitcoin.

Esse ativo surgiu a partir do código-fonte do Bitcoin, que abriu os caminhos para a criação de outras criptomoedas como Ethereum (ETH), Litecoin (LTC) e Ripple (XRP). Dessa forma, o mercado de criptoativos evoluiu e apresenta possibilidades para um investidor escolher um investimento ideal para o seu modo de vida.

Além disso, as Altcoins possibilitam que as operações sejam realizadas com segurança, agilidade e também oferecem uma eficiência maior através do seu algoritmo. Assim, as transações geram conceitos melhores para a criptoeconomia e  a valorização  do mercado. 

Portanto, você compreendeu que as Altcoins são moedas alternativas ao Bitcoin e não são concorrentes diretos da primeira criptomoeda do mundo. O propósito das Altcoins é trazer uma alternativa para um investidor operar as suas transações conforme as regras das criptomoedas e com base nas cotações diárias dos produtos.