Voltar ao início

Como o ano de 2020 afetou o mercado cripto?

27/1/21

O ano de 2020 ocupará muitas páginas nos livros de história. As crescentes tensões políticas e comerciais, os desafios econômicos e, claro, a pandemia da COVID-19 são alguns dos fatos que deixarão este ano marcado.

Apesar do bitcoin e as principais criptomoedas do mercado possuírem uma certa previsibilidade em seu funcionamento, alguns acontecimentos afetam o preço dos ativos, por exemplo.

Vamos identificar alguns pontos determinantes para o bitcoin, baseando-se em eventos ocorridos em 2020.

A pandemia do coronavírus

Sem sombra de dúvidas, a pandemia da COVID-19 é um marco na história contemporânea. Junto com a crise de saúde, a doença trouxe uma grave crise econômica mundial.

A fim de minimizar os efeitos da pandemia, governos estão emitindo grandes quantidades de moeda estatal. Como exemplo, podemos citar o auxílio emergencial, criado pelo governo brasileiro para ajudar pessoas sem emprego ou que a renda familiar teve queda brusca.

A emissão de moeda gera inflação e desconfiança nos governos. Como o bitcoin e outras criptos possuem uma emissão controlada, ou seja, ninguém pode emitir mais moedas do que o seu código está programado, a tendência é que as criptomoedas se valorizem.

Em outubro de 2020 o preço do bitcoin bateu um valor superior a 13 mil dólares, num cenário de forte inflação e insegurança econômica.

A pandemia também gerou forte instabilidade nos mercados e veremos a seguir como isso pode ter afetado até mesmo as criptomoedas.

A volatilidade mostra ainda ser grave problema

No dia 12 de março a principal criptomoeda do mercado, o BTC, teve uma aterrorizante queda de 37,1% em um único dia. O movimento seguiu as quedas dos mercados tradicionais, que também foram alarmantes.

No semanal, a desvalorização chegou a ser de 50%, fazendo com que o preço caísse abaixo dos 5 mil dólares, que era considerado um forte suporte. O preço das altcoins também despencaram.

Apesar do susto, o preço teve uma ótima recuperação e no momento da escrita deste artigo, no fim de outubro de 2020, o valor por unidade de bitcoin alcançou seu preço máximo histórico em reais.

Mesmo com a recuperação, o mercado mostrou que a volatilidade ainda está presente de forma preocupante.

Exchange de Bitcoin

Entrada de mais investidores institucionais

Uma pesquisa feita no final de setembro de 2020 entre investidores institucionais que coletivamente ajudam a gerenciar 78,4 bilhões de dólares em ativos, revela que nos próximos cinco anos 26% acreditam que os fundos de pensão, seguradoras e fundos irão aumentar substancialmente seu nível de investimento em criptomoedas. Os outros 64% prevêem um ligeiro aumento.

Empresas e investidores institucionais começam a enxergar as criptomoedas como uma opção para alocar parte de seus investimentos, em meio a um mundo de tantas dúvidas e inseguranças.

Por exemplo, a Square, uma empresa de serviços financeiros, muito conhecida por ter como CEO o co-fundador do Twitter, Jack Dorsey, anunciou no dia 8 de outubro de 2020 que comprou 50 milhões de dólares em bitcoins. Isso representa cerca de 1% dos ativos totais da empresa.

A entrada em massa deste tipo de investimento nas criptomoedas é muito importante para a maturidade do setor e para seu crescimento.

Investidores institucionais

O que esperar para este 2021?

Notícias do ano de 2020 já indicam que há possibilidade de grande aumento em adoção das criptomoedas no ano de 2021.

Por exemplo, os clientes do PayPal poderão usar criptomoedas para comprar em qualquer comerciante de sua grande rede a partir do início de 2021, segundo a própria empresa. Com quase 350 milhões de contas ativas, o anúncio pode impactar positivamente o mercado desde já, além de trazer mais usuários a partir do lançamento do produto.

Sendo assim, 2020 está sendo, mesmo com tantos desafios, um bom anos para o mercado das moedas digitais. E o futuro tende a continuar positivo para as criptomoedas.

Para não ficar de fora, você pode usar a Ripio para comprar bitcoin e outros ativos digitais de forma rápida, segura e confiável.