Voltar ao início

Stablecoins y DeFi

Stablecoins y DeFi

February 8, 2022

O que são as stablecoins

As stablecoins ​​são um tipo de token que mantém seu preço lastreado com o de outro ativo. Em geral, a referência escolhida é o dólar americano: por isso também são conhecidos como "criptodólares".

É evidente que as criptomoedas provocam uma revolução no sistema monetário e financeiro, pois davam aos usuários o controle total de seus fundos, sem dependência de bancos, governos ou intermediários.

Mas nem tudo é fácil no ecossistema das criptomoedas: em um mercado aberto, especulativo e com pouca regulação, a cada dia o preço da criptomoeda pode sofrer fortes variações. Essa volatilidade é uma das coisas que torna o mercado cripto um ambiente de alto risco. É algo que mantém muitas pessoas longe das ferramentas da blockchain, por medo de perder tudo. E, ao mesmo tempo, é algo que seduz muitos investidores que tentam multiplicar o seu dinheiro.

Ao contrário de outros tokens, as stablecoins ou "criptomoedas estáveis" ​​têm seu preço vinculado ao de outro ativo de referência. O mais comum é o dólar americano, mas também há casos de estar lastreado com o preço do ouro, por exemplo.

A Tether (USDT) é a mais famosa das stablecoins, embora ao longo de sua história tenha sofrido com alguns problemas de liquidez e suporte. Já a USD Coin (USDC) é uma moeda digital desenvolvida por empresas de cripto reconhecidas. E a Dai (DAI) vem da comunidade Maker DAO. Todos eles têm um valor que não se move mais do que frações de um decimal da referência de US$ 1.


Este tipo de stablecoin é um dos tipos de tokens que alimenta o ecossistema DeFi. O principal motivo é que sua volatilidade imperceptível torna a negociação mais previsível. Além disso, protege a criptomoeda depositada do risco de perder valor no momento em que tiver que ser retirada da carteira.

Benefícios da Stablecoins

  • USDT, USDC e DAI têm o preço fixo em torno de US$1
  • Por não serem moeda fiduciária, não há limite de compra regulado por decisões governamentais.
  • Permitem proteger o valor contra a inflação e a desvalorização das moedas locais
  • Podem ser depositados em DeFi para retornos previsíveis em criptomoedas.
  • Não precisa de uma conta bancária para negociar stablecoins.
  • São fáceis de armazenar e transferir a qualquer momento.