Voltar ao início

Alogrand: o que é?

Alogrand: o que é?

Algorand é uma rede Blockchain descentralizada que fornece transações de criptomeodas de maineira segura, rápida e sem complicações.

Luana Miyuki
Content Analyst
13/12/22

O mercado de criptomoedas passou por várias fases desde o seu “boom” com o Bitcoin (primeira geração) e a ascensão de Ethereum como rede expandida (segunda geração). A terceira geração desse universo foca em projetos ainda mais completos, como é o caso da plataforma Algorand e o seu token nativo ALGO.

Um dos projetos blockchain mais bem-sucedidos dos últimos anos, a Algorand já ultrapassou  US$ 10 bilhões em capitalização de mercado e figura como uma das  criptomoedas mais valiosas no ranking global.

Batendo de frente com a Ethereum, a rede possibilita transações mais rápidas e baratas, além de uma escalabilidade maior. Quer conhecer mais sobre o projeto e saber se vale a pena investir em ALGO? Confira todas as informações a seguir!

O que é a rede Algorand?

O projeto Algorand consiste em ser uma blockchain descentralizada que segue os mesmos conceitos da Ethereum, porém com uma proposta mais escalável, segura e rápida para os seus usuários. A rede é utilizada por desenvolvedores e entusiastas de projetos DeF (finanças descentralizadas).

A sua infraestrutura é feita por meio de códigos abertos, assim como os projetos são tocados por validações em smart contracts (contratos inteligentes). Isso significa que há total liberdade para os membros participarem ativamente da construção e manutenção da rede. 

A Algorand incentiva uma economia aberta e sem fronteiras, onde todos podem participar de projetos descentralizados. Para ter voz ativa, o usuário precisa ter criptos ALGO sob tutela (stake), que servem como token de governança para a participação na rede.

Outra característica da Algorand é que ela  utiliza o mecanismo de Proof of Stake, que otimiza as transações por meio de autovalidação – ao contrário do Bitcoin, que necessita de mineração (Proof of Work).

Como surgiu a Algorand?

O projeto Algorand foi lançado oficialmente em 2019 por Silvio Micali, renomado professor de ciência da computação do MIT e ganhador do Prêmio Turing de 2012. Com uma ampla experiência na área de ativos digitais e blockchain, o fundador contou com a ajuda de vários especialistas e até de ex-membros da Ethereum para aprimorar o protocolo a ser lançado.

Hoje, a rede é mantida pela Algorand Foundation, organização sem fins lucrativos que trabalha em conjunto com outros usuários e desenvolvedores para manter a comunidade ativa. 

O token ALGO

ALGO é a criptomoeda nativa da Algorand, que pode ser utilizada para proteger a rede e como moeda de troca entre os usuários. Além disso, ela também é vendida de forma indireta por exchanges como opção de investimento para os entusiastas do mercado cripto.

Mantendo o token em suas carteiras, os usuários da Algorand participam de um programa de recompensa por participações ativas dentro da plataforma. Além disso, ALGO é essencial para a estrutura se manter em constante atualização e evolução.

O que é preciso saber antes de investir em Algorand (ALGO)?

Ficou interessado em investir em Algorand (ALGO)? Então, é importante compreender melhor como funciona todo esse projeto, que envolve diversas frentes e expectativas para o futuro do setor cripto.

Separamos as principais características da rede, bem como do seu token de origem, para que você avalie o que de mais promissor ela tem para oferecer. Confira:

Foco em DeFi 

O ecossistema da Algorand é casa para vários dApps (aplicativos descentralizados), protocolos DeFi e tokens não fungíveis (NFT). Isso faz com que tanto o token quanto a rede se valorizem à medida que novos desenvolvedores são atraídos, especialmente aqueles que migram da Ethereum em busca de soluções mais escaláveis.

Token de governança

Cada usuário que tiver ALGO sob tutela pode participar ativamente das votações e das atualizações do ecossistema Algorand. Além disso, o processo de validação é feito por Proof of Stake, exigindo uma maior e constante participação. Esse ciclo faz com que a cripto se mantenha estável no mercado e também para o seu fluxo de desenvolvimento.

Adoção e aplicação

Para além dos entusiastas em cripto, a Algorand tem sido adotada por instituições governamentais e grandes empresas de tecnologia como forma de melhorar as soluções financeiras e modernizar a maneira como os cidadãos utilizam as ferramentas tradicionais. El Salvador, por exemplo, escolheu a Algorand para ajudar a desenvolver a sua própria infraestrutura de blockchain.

Volatilidade

Por fim, apesar de toda a promessa sobre a Algorand, vale lembrar que o seu token ALGO continua sendo um ativo de renda variável e pode oscilar conforme o mercado se ajusta. Sendo assim, é importante compreender que o investimento deve ser pensado para o longo prazo.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é Algorand e suas principais características, fica mais fácil desenvolver uma estratégia de investimento segura para o ativo. Lembre-se, entretanto, de conferir o histórico de preços e as expectativas do mercado para os próximos capítulos do projeto.